LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

LIBERDADE DE EXPRESSÃO.
A CULTURA GAY É INTOLERANTE E NÃO CONSEGUE VIVER NA DIVERSIDADE COM RESPEITO

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Pedófilos exigem os mesmos direitos dos homossexuais. Começou o Movimento Petista-Socialista-Marxista-Comunista-Social/Democrata pela Legalização da Pedofilia.

Pedófilos exigem os mesmos direitos dos homossexuais. Começou o Movimento Petista-Socialista-Marxista-Comunista-Social/Democrata pela Legalização da Pedofilia. 

Clique no link para acessar a matéria:
http://pedofilianauniversidade.blogspot.com.br/2013/07/pedofilos-exigem-os-mesmos-direitos-dos.html

Terror dos Militantes e Ativistas Gays na agressão aos cristãos e evangélicos em Seattle, no Estado de Washington, EUA.

Pregadores cristãos são agredidos em evento gay nos EUA

by pauladamas
A violência contra  os pregadores foi registrada em vídeo
A violência contra os pregadores foi registrada em vídeo
Dois pregadores cristãos foram agredidos no evento do Orgulho Gay, em Seattle, no estado de Washington, na costa oeste dos Estados Unidos, no último domingo (30). Eles foram para as ruas hasteando cartazes com os seguintes dizeres: “Arrependa-se, ou então” [tradução do inglês: Repent or else] e “Jesus salva do pecado” [tradução do inglês: Jesus saves from sin]. A multidão teria ficado revoltada quando um dos pregadores disse: “Arrependa-se ou vá para o inferno”.
Dois participantes deram socos e pontapés nos dois ativistas contra a homossexualidade. A violência foi registrada em um vídeo, que serve agora como prova do caso. Os agressores devem responder por agressão e contravenção.
Um dos suspeitos, Jason Queree, 36 anos, que aparece na gravação dando golpes no pregador de rua na parte de trás da cabeça, enquanto ele está no chão, já foi preso 29 vezes desde 1995.
Ruben Israel (centro) e membros da Bible Believers cercados por policiais de Chicago, durante protesto em Chicago, em 30 de junho deste anos
Ruben Israel (centro) e membros da Bible Believers cercados por policiais, durante protesto em Chicago, em 30 de junho deste ano
Um dos pregadores, Ruben Israel, que é membro do grupo Bible Believers, afirma que é comum esse tipo de ataque. Ele lembra que manifestantes gays já tentaram incendiar uma Bíblia em Chicago e que, em outro caso, no estado americano do Novo México (NM), até a polícia foi atacada ao defender os pregadores. Ele disse que mais ataques físicos, como o de Settle, devem acontecer.
“Nós não somos inimigos [...] Isso não tem nada a ver com ódio e sim com compartilhar o Evangelho”, completa o cristão.
Ruben Israel reflete: “[A comunidade LGBT] acredita que eles têm a lei por trás deles. Se você não concordar com eles, você está errado. [...] Eles nos [evangélicos] atacam na presença da polícia e eles nos atacam na frente de uma câmera de vídeo”, conclui.
Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.
Fonte: TCP

pauladamas | Julho 30, 2013 às 12:08 pm | Etiquetas: Central Gospel MusicEUAmovimento gay | Categorias: Mundo | URL: http://wp.me/p1RNj5-95D

terça-feira, 30 de julho de 2013

Estudante é assassinada a facadas por duas adolescentes lésbicas porque a primeira lésbica traiu com outra lésbica. Algo confuso e UM ABISMO CHAMA OUTRO ABISMO.




Estudante é assassinada a facadas por duas adolescentes no interior de Goiás
4

Lourdes Souza
Do UOL, em Goiânia

  • Reprodução
    Bianca Mantelli Pazinatto, assassinada a facadas por duas adolescentes no interior de Goiás
    Bianca Mantelli Pazinatto, assassinada a facadas por duas adolescentes no interior de Goiás
A Polícia Civil de Jataí, a 327 quilômetros de Goiânia, encontrou na noite desta segunda-feira (29) o corpo da estudante Bianca Mantelli Pazinatto, 18, que cursava o terceiro período de Biomedicina, na Universidade Federal de Goiás. Ele estava embaixo da cama de uma das jovens suspeitas do crime, com os braços e os pés amarrados para frente e coberto por sacos plásticos. 
Segundo informações da Polícia Civil, a jovem foi assassinada com golpes de faca. Duas adolescentes de 16 e 17 anos, que moram na mesma cidade, são suspeitas de terem cometido o crime.
Bianca saiu de casa por volta das nove horas daquele dia e desde então estava desaparecida. O pai da vítima comunicou seu sumiço no 1° Distrito Policial de Jataí depois que tentou ligar para o celular da filha sem sucesso.  
Após buscas pela cidade, a família localizou uma carta que a adolescente L., de 17 anos, havia escrito para Bianca. No texto, havia declarações de amor e ameaças. A polícia então foi até a casa de L., que ao lado da mãe, negou que Bianca estivesse no local. Ela disse que a jovem havia mandado uma mensagem por celular dizendo que iria visitá-la, mas ainda não tinha aparecido.
  • Carta escrita por jovem suspeita de matar a estudante Bianca
L. contou que as duas eram amigas e tinham se aproximado pelo Facebook, mas confessou que teve um relacionamento amoroso com a vítima assim que um dos policiais mostrou a carta encontrada no quarto de Bianca.
Segundo L., as duas estavam separadas, pois Bianca a teria traído com outra mulher. Após a conversa, os policiais resolveram seguir L., que foi conversar com uma amiga num shopping da cidade.
Durante o percurso, os policiais receberam uma ligação informando que uma amiga de L., identificada como M., 16 anos, teria sido vista pela cidade com a calça suja de sangue. Eles procuraram L., que confirmou ter se encontrado com M.. Segundo ela, o sangue seria de uma carne que as duas tinham tirado do congelador de sua casa.
L. levou os policiais até a casa de M., que confirmou a história. As duas adolescentes foram dispensadas pelos investigadores.
No início da noite, em uma nova diligência à casa de L., os policiais foram recebidos pela mãe da adolescente e autorizados a ir até o quarto da garota, que não estava no local. Em vistoria, eles encontraram uma mochila com luvas, sacos, gazes e faca sujos de sangue. Ao olhar embaixo da cama, encontraram o corpo de Bianca. As duas adolescentes, que estavam na casa de M. foram levadas para a delegacia, onde confessaram o crime.
Segundo a polícia, o crime foi passional. O assassinato ocorreu por volta das 9h40.
A polícia descobriu ainda que as duas planejaram o crime. Uma carta descrevia com detalhes todas as ações, que terminariam com o ateamento de fogo no corpo de Bianca, no Conjunto Estrela Dalva, um bairro da cidade. Um litro de álcool e fósforos foram encontrados dentro da mochila de M..
Segundo a delegada Paula Daniela Rusa, as duas adolescentes foram ouvidas e estão à disposição do Ministério Público. A pena máxima para menores que praticam este tipo de crime é de três anos de reclusão.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/07/30/estudante-e-assassinada-a-facadas-por-duas-adolescentes-no-interior-de-goias.htm


Jovem é assassinada por lésbica após recusar namoro

by pauladamas
Imagem: Foto:  Reprodução (Internet)
Bianca Mantelli Pazinatto, de 18 anos, foi assinada por duas adolescentes
Um assassinato comoveu os moradores da cidade de Jataí, em Goiás. A polícia encontrou nesta terça-feira (30) o corpo de uma jovem de 18 anos que estava desaparecida desde a manhã desta segunda. De acordo com a polícia, a estudante Bianca Mantelli Pazinatto foi esquartejada por duas adolescentes, uma de 16 e outra de 17 anos.
Segundo o delegado Regional da Policia Civil André Fernandes, Bianca desapareceu por volta da 9h30 da segunda. O corpo da vítima foi localizado no quarto da casa de uma das vítimas, embaixo da cama da jovem. Segundo a polícia, crime foi premeditado e ocorreu no interior da residência, que fixa no Setor Granjeiro.
O corpo foi encontrado revestido por sacos plásticos e com as mãos amarradas para à frente. Segundo a polícia, a intenção das duas era retirar o corpo da casa e queima-lo em um bairro afastado do centro da cidade. As duas adolescentes confessaram o crime e alegaram que a motivação foi passional.
Ainda segundo a polícia, uma das menores queria ter um relacionamento amoroso com Bianca, mas a vítima não queria, o que teria motivado as duas a planejar o crime. Na residência, foi apreendido um caderno com anotações sobre o assassinato, uma faca suja de sangue e uma mochila com outros objetos que teriam sido utilizados no assassinato.
"Esse homicídio a princípio foi motivado por uma questão de passionalidade. Nós iremos pegar maiores detalhes, mas é um crime que não se justifica. Conseguimos a informação com o aparelho celular da vítima, e viemos até aqui (casa da suspeita). Uma das autoras é muito fria, agiu com frieza. O crime foi todo planejado", disse o delegado.
As duas adolescentes estão apreendidas no complexo de delegacia da policia civil de Jataí, e devem ser transferidas para um centro de apreensão de menores infratores na capital do estado. A pena máxima para menores que praticaram o crime pode ser de três anos de reclusão.
Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.
Fonte: O Dia
pauladamas | Julho 31, 2013 às 11:01 am | Etiquetas: gospelhomossexualismo | Categorias:Brasil | URL: http://wp.me/p1RNj5-96H


Polícia descarta envolvimento de terceira pessoa em assassinato de estudante em Goiás
2

Lourdes Souza
Do UOL, em Goiânia
  • Reprodução
    Bianca Mantelli Pazinatto, assassinada a facadas por duas adolescentes no interior de Goiás
    Bianca Mantelli Pazinatto, assassinada a facadas por duas adolescentes no interior de Goiás
O envolvimento direto de uma terceira pessoa no assassinato da estudante universitária Bianca Mantelle Pazinatto, 18, foi descartado pela Polícia Civil nesta quinta-feira (1º). As investigações buscam identificar se alguém havia sido chamado para ajudar as adolescentes L., 17, e M., 16, a levarem o corpo de Bianca para ser queimado num bairro do município, segundo o plano inicial das duas.
O plano não foi cumprido à risca, o corpo acabou não sendo retirado do local do crime, e essa pessoa não estaria presente no momento da morte da estudante. As investigações apontam até o momento que L. e M. teriam agido sozinhas, segundo a polícia.
De acordo com o delegado regional de Jataí, André Fernandes de Almeida, o inquérito está em andamento, e testemunhas estão sendo ouvidas. Até essa quarta-feira (31), seis pessoas haviam prestado depoimento.
As adolescentes seguem apreendidas na Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai), em Goiânia. Elas foram transferidas de Jataí após ameaça de linchamento por parte de familiares e amigos da vítima.
  • Carta escrita por jovem suspeita de matar a estudante Bianca

O crime

O crime que chocou os moradores de Jataí aconteceu na manhã de segunda-feira (29), quando Bianca foi assassinada a golpes de faca dados pelas duas amigas, segundo a polícia. A jovem foi sepultada na terça-feira (31), em Jataí.
A polícia apura se a morte, que ocorreu por volta das 9h40 de segunda-feira, teve motivação passional.  O corpo da vítima foi encontrado na noite do mesmo dia embaixo da cama da adolescente L.. Segundo informações da Polícia Civil, Bianca estava com os braços e os pés amarrados e coberto por sacos plásticos.
Nas investigações, os policiais descobriram ainda que as duas adolescentes planejaram a morte da jovem. Uma carta descrevia com detalhes todas as ações, que terminariam com o ateamento de fogo no corpo de Bianca, no Conjunto Estrela Dalva, um bairro da cidade. Um litro de álcool e fósforos foram encontrados dentro da mochila de M..


sexta-feira, 26 de julho de 2013

Funcionalidade Sexual - Maníacos por aprovação - É impossível ser ao mesmo tempo amado, admirado e aceito festivamente por todos os semelhantes, por todas as comunidades, por todos os grupos sociais distintos. Buscar essa aprovação maciça e irrestrita, utilizando para isso o lobby político e a legislação de exceção, é injusto e contrário à própria ideia de democracia – princípio de convivência social onde diferentes ou mesmo adversários hostis convivem sem que seja necessária a destruição de uns para que os outros sobrevivam, ou vice-versa.

Maníacos por aprovação
02/06/2013 - Redacao Midia@Mais
Adultos formados poderiam ter a noção, independente da roupa que vestem ou de como utilizam a própria funcionalidade sexual, que a forma como se comportam não deveria ser motivo de aprovação ou desaprovação alheia.

Ao contrário do que se poderia supor, uma parcela significativa dos integrantes da “sociedade alternativa” parece estar a todo momento esperando e exigindo aprovação do restante da sociedade (a “tradicional” e “burguesa”) para seu próprio comportamento. É a partir dessa demanda por atenção que políticos e autoridades veem-se, mais cedo ou mais tarde, obrigados a propor e aprovar legislações de exceção e privilégio a grupos comportamentais que deveriam simplesmente viver sua vida conforme a preferência sem esperar premiações ou medalhas daqueles que sugerem desprezar.

De bebedores de urina a adeptos da “body modification”, passando por uma infinidade de modalidades sexuais alternativas, muitos esperam exatamente de quem menos se poderia cobrar (aqueles que têm a “cabeça fechada”, os “reprimidos”, os “cristãos”) uma aprovação a seus hábitos que dizem respeito somente a sua vida privada e não deveriam ser usados como ferramenta de marketing ou pressão política. Ao contrário disso, hábitos muitas vezes não compreendidos ou simplesmente ignorados pela maioria das pessoas transformam-se em diferencial perante a mídia cooptada, invertendo o argumento contido no próprio discurso típico das “minorias”: o “preconceito” funciona de maneira reversa, catapultando celebridades esquecidas e artistas afogados em mediocridade estética ao status de pensadores e filósofos populares, posição impossível de ser alcançada caso não fizessem eles mesmos parte da comunidade alternativa que alega ser “descriminada”.

Enquanto isso, a mídia exerce forte pressão sobre as pessoas comuns ou indiferentes, muitas vezes, a modalidades de comportamento alternativo: para surpresa e certa decepção de muitos “descriminados” profissionais, milhões de anônimos pouco se importam com os encontros de swing alheios ou com as tatuagens no nariz de quem lhes cruza o caminho na rua, estando mais preocupados e ocupados com seus problemas privados e com a imensidão de obrigações impostas pelo governo – este sim, opressor e ameaça real a todos.

Adultos formados poderiam ter a noção, independente da roupa que vestem ou de como utilizam a própria funcionalidade sexual, que a forma como se comportam não deveria ser motivo de aprovação ou desaprovação alheia, bastando para si que se justifiquem a vontade e o arbítrio pessoais, a satisfação à própria consciência. É impossível ser ao mesmo tempo amado, admirado e aceito festivamente por todos os semelhantes, por todas as comunidades, por todos os grupos sociais distintos. Buscar essa aprovação maciça e irrestrita, utilizando para isso o lobby político e a legislação de exceção, é injusto e contrário à própria ideia de democracia – princípio de convivência social onde diferentes ou mesmo adversários hostis convivem sem que seja necessária a destruição de uns para que os outros sobrevivam, ou vice-versa. (Grifo deste blogueiro)


Porém os alternativos, os maduros de “cabeça aberta”, muitos deles querem medalhas, tapinhas nas costas e passes livres, congratulações públicas de políticos e ícones da mídia, aparentemente inseguros a respeito do que bradam ter escolhido ou assumido como estilo de vida, num espetáculo de carência autoritária que ocupa e predomina na TV, na internet, no debate popular.

terça-feira, 23 de julho de 2013

A Intolerância é Inerente ao DNA dos Ativistas Gays. Eles não respeitam e agridem os católicos.

A intolerância vergonhosa do ativismo gay; Pr. Silas comenta

by pauladamas
Imagem: Reprodução O Globo
Matéria publicada pelo site do jornal O GLOBO mostrou um grupo de jovens casais homossexuais promovendo um beijaço na escadaria da Igreja de Nossa Senhora da Glória, no Largo do Machado, Zona Sul do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (22). A cena chocou alguns peregrinos, que começaram a rezar no local.
Mais cedo, cerca de duzentos manifestantes e ativistas gays iniciaram uma caminhada em direção ao Palácio Guanabara, onde o Papa foi recebido por autoridades nacionais. A passeata ocorreu de forma pacífica, até que um segundo grupo se juntou a eles.
Segundo a matéria, o ato foi convocado pelo estudante João Pedro Accioly, de 19 anos, e reuniu movimentos em defesa dos direitos homosexuais e grupos feministas. "(...) É um protesto simbólico contra a criminalização das drogas, a proibição do aborto e a favor dos direitos LGBT. Enquanto os beijos forem considerados ofensas, protestos como esse serão necessários", disse.
Imagem: divulgaçãoPr. Silas Malafaia comenta:
Há muito tempo que venho dizendo sobre a diferença entre ativistas gays e homossexuais. O segundo grupo quer viver apenas segundo a opção sexual que fizeram. O primeiro grupo quer ter privilégios e direitos acima de toda a coletividade social. Querem calar qualquer um que se opõe às suas práticas e objetivos, querem ter a liberdade para fazer o que bem entenderem, não respeitando os valores e princípios de ninguém. Eles clamam por direitos, mas o objetivo é cercear o direito dos outros e ter direitos para anarquizar, esculhambar, denegrir e enxovalhar quem quer que seja.
É bom que a sociedade brasileira veja quem são os verdadeiros intolerantes. Vão para a porta de uma igreja católica nus e seminus para afrontar as pessoas religiosas com seus atos obscenos. É UMA VERGONHA! E a imprensa sectária e parcial não faz um comentário para desaprovar uma conduta ridícula como essa.
Quem não respeita os valores dos outros, não tem autoridade para pedir que os outros respeitem seus valores!
A imprensa tem escondido o que nós já sabemos: já foram presos homossexuais dentro de igrejas se beijando, numa verdadeira afronta aos princípios constitucionais.
pauladamas | Julho 23, 2013 às 2:56 pm | Categorias: Brasil | URL: http://wp.me/p1RNj5-93i

terça-feira, 16 de julho de 2013

QUEM CRITICAR O DEP. JEAN WYLLYS POR RECLAMAR DO SALÁRIO BAIXO DE POLÍTICO PODE SER ACUSADO DE HOMOFOBIA.




Danilo Gentili detona Jean Wyllys; assista ao vídeo

by marcosmelo
Em entrevista ao programa CQC, da Band, o deputado federal Jean Wyllys, famoso por defender a causa gay, queixou-se do salário que recebe como deputado e afirmou que em vez de debater esta questão, as pessoas deveriam criticar os altos salários dos empresários e pastores.
Wyllys até que tentou um discurso estratégico para desviar a atenção dos altos salários dos parlamentares, mas a tática não lhe rendeu muitos frutos, além de uma contundente crítica feita por Danilo Gentili, em seu programa “Agora é tarde”, na Band.
Veja o vídeo:
marcosmelo | Julho 16, 2013 às 11:19 am | Categorias: Brasil | URL: http://wp.me/p1RNj5-8W8



Comentário   See all comments

quarta-feira, 10 de julho de 2013